8.4.06

E NO QUE A JI-GEIKO DIZ RESPEITO...

... para já, estamos conversados. O resto da comunicação de Sotaru Honda, debruça-se, a partir de agora, sobre como fazer Ji-geiko de 4º dan para diante e coisas semelhantes: como fazer ji-geiko com idoso, mulheres e crianças e tudo mais. Não sendo assuntos que me parecem particularmente relevantes nesta altura, vou dedicar o meu próximo trabalho de tradução a outra comunicação do autor, desta feita, dedicada ao Shiai.

Ah, a propósito de Ji-geiko, que belo Ji-geiko que fiz ontem com Osaka sensei. Fiquei muito contente.
Saudámo-nos. Em seguida, eu, respeitosamente, proferi a frase: Shitsurei-shimassu.?. algures entre uma pergunta e um pedido de desculpas. Ele assentou com gesto e pude assim assumir Jodan-kamae. Quando se faz Jodan-kamae com alguém mais graduado (godan para cima) é de bom tom dizer sempre shitsurei-shimassu. Sim, podia ter dito "goburei-shimassu", mas shitsurei-shimassu, pelo que Osaka san me disse uma vez, é mais bem educado. É uma espécie de desculpa. Significa mais ou menos, desculpe-me pela minha ousadia em assumir uma guarda tão agressiva (eu, um reles verme, um invertebrado que deveria passar o resto da minha vida era em gedan, que é o que mais se aproxima da minha condição de ser rastejante). Voltando ao Ji-geiko, é claro que a seguir levei uma carga de porrada enorme, mas foi uma carga de porrada enorme extremamente educativa.

Abayo.

4 comentários:

toni disse...

A propósito... a eterna dúvida de simular ou não ataques. É tentador por vezes simular assim um "men" na intenção de apanhar um "Kote" ou "Do" do adversário desguardado. Por outro lado já tive quem me dissesse que perante kendocas mais graduados ou senseis não é correcto fazer isso (e mesmo desrespeitoso). Qual é a tua formação a esse respeito ?
abraço. Tóni

Usagi-san disse...

Bom, se percebi bem o que queres dizer, acho que não. Quer dizer, eu quando faço Ji-geiko com o sensei Osaka finto e tento enganá-lo o mais que posso, de maneira a tentar acertar o que quero. Chego a olhar descaradamente para o kote para, em seguida, tentar acertar men. Aliás, doutra forma nunca lhe conseguiria tocar.
Não, definitivamente eu acho que não. O acto de fintar é uma representação física do nosso seme. Só muito mais adiante é que conseguiremos fintar "sem que se veja", digamos assim... como os 8ºs dan fazem.

Camisa Azul disse...

Um blogue sobre A.M.
parabéns.

Usagi-san disse...

Obrigado, mas permita-me uma pequena rectificação: é um blog de kendo.
Ao longo destes dois anos e tal, se a memória não me falha, dediquei 3 (ou 4) posts a assuntos não relacionados com kendo.
de qualquer maneira... volte sempre, caro Vitor.