17.12.08

MAIS UMA ESCOLA DE KENDO EM PORTUGAL

O Pedro Marques, um dos integrantes deste ano da Selecção Nacional de Kendo, pede-nos que se divulgue que TODOS OS INTERESSADOS EM PRATICAR KENDO NA REGIÃO DE LEIRIA se devem dirigir ao endereço:

http://kendoleiria.blogspot.com

onde poderão saber tudo sobre as aulas de kendo na referida área.

22.11.08

SELECÇÃO NACIONAL DE KENDO 2008

Ora bem, depois de apurado trabalho dos participantes no chamado “Torneio dos 10”, que decorreu hoje, o 6 inicial da equipa nacional que representará Portugal nos 14ºs Campeonatos do Mundo de Kendo que terão lugar em S. Paulo, é o seguinte:

Da Associação de Kendo Lisboa:
Alexandre (El Chino) Figueiredo
Joni (Pão de Ló Japonês) Hirata
Luis (O Sousa) Sousa

De Associação de Kendo Coimbra:
Henrique (Velhadas) Martins
Pedro (Kaeshi-Do) Marques
José (O Puto Novo) Pereira

E assim termina mais um “ano lectivo”, meninos e meninas, pr’ó ano há mais campeonatos e, espera-se, já com a participação de um (ou mais) kendokas de Faro.

15.11.08

AH CAMPEANITA

Foto Nelson


Depois de se ter classificado em 3º lugar nos últimos Campeonatos Mundiais de Naginata, a nossa multi-facetada amiga Charlotte, que aqui vemos aquando do último Torneio de Kendo de Lisboa, sagrou-se

BI-CAMPEÃ DA EUROPA

de Naginata. E bi-campeã porquê? Pois porque não só venceu a competição individual feminina, como fez parte da equipa belga que arrecadou o título por equipas.

Mais uma vez, e está a tornar-se um hábito, PARABÉNS CHARLOTTE!!!

11.11.08

QUAIS CRISE... ?


Ora aqui está o que deve ser um estágio interessante. Três oitavo dan de kendo, um de iai, um de jodo... ah, e mais uma "mãcheia" de sétimos e de sextos...
Eu fico sempre impressionado com estas coisas. Parece que, aos nuestros hermanos, não há crise que lhes toque... bela vida.

5.11.08

SHODAI VS WAKO - THE MOVIE


Para poderem apreciar a final do All Japan deste ano basta irem até aqui.
Lá no fundo, depois de um relatório pormenorizado dos acontecimentos de 2ª feira passada no Budokan de Tokyo, encontrarão vários links para filmes em formato flv.
No último link poderão ver o fantástico men-katate que deu a vitória a Shodai, bem de perto e cãmara lenta.
Muito nice.

4.11.08

SHODAI: 1/4 E 1/2 FINAIS

O combate dos quartos de final contra Teramoto:


... e o da meia final contra Yoneya:


Muuuuuuuuuuuuuito bom. E viva o Youtube carago.

Ambos os videos são da autoria de Dodaichi85 (http://jp.youtube.com/user/dodaichi85)

3.11.08

JOOOOOOOOOOOOOOOOODAN.

Foto do site AJKF



Shodai Kenji!!!*


Foram precisos 25 ANOS para que um combatente em JODAN KAMAE voltasse a vencer um All Japan Kendo Championships (o último a consegui-lo tinha sido Higashi no 31º All Japan).

O chavalo de Kanagawa que derrotou o campeão do ano passado, Teramoto, nos quartos de final, defrontou na final Wako Daisuke, também polícia, de Hokkaido, o qual bateu após prolongamento (men-uchi).

Breve perfil dos finalistas:
Shodai Kenji: Polícia de Kanagawa, 4ª participação, 5º dan. 27 anos, 175 cm.
Wako Daisuke: Polícia de Hokkaido, 5ª participação, 6º dan. 31 anos, 181cm.
Árbitro Central: Chiba sensei

O ippon da vitória pode ser visto aqui.
(Vão até ao fundo da página e está do lado esquerdo.)

SHOOOOOOOOOOOOOOOOODAI.
JOOOOOOOOOOOOOOOOOODAN.


(*Foto "pedida emprestada" em: http://www.47news.jp/CN/200811/CN2008110301000354.html)

31.10.08

IV ESTÁGIO INTERNACIONAL DE KENDO ARIGA SENSEI (2)

Foto: Zé.

Bom, como já começa a ser um hábito, foi no "inevitável" site da Charlotte que acabei por encontrar fotografias do estágio do sensei Ariga. Esta que aqui reproduzo é da autoria do Zé (?)... é o que sei.

24.10.08

IV ESTÁGIO INTERNACIONAL DE KENDO ARIGA SENSEI

Ariga Sensei

No Luso, nos dias 25 e 26 de Outubro de 2008, decorrerá o já habitual estágio dirigido pelo sensei Taro Ariga (7º Dan Renshi) o qual, como também já é habitual, será coadjuvado pelo sensei Masakiyo Osaka (7º Dan, Director Técnico Nacional).
Eu, e como também já começa a ser, infelizmente, habitual, não vou poder estar lá. O ano passado estava em Luanda, este ano estou em Faro. Venha o diabo e escolha.

Olha, divirtam-se e aproveitem.

15.10.08

FOTOS DO TRONEIO DE LX 2008

Enganei-me no blog e quando fiz "new post" não reparei que estava a postar aqui.

Ups...

6.10.08

TORNEIO DE LISBOA 2008

Foto Nelson

Pois lá se passou mais um evento do Campeonato Nacional de Kendo, desta vez o Torneio de Lisboa, tal como vem acontecendo nos últimos anos, integrado nas Seixalíadas.

Houve coisas muito boas neste campeonato e outras que não me agradaram tanto.
Uma promessa vos faço no entanto e desde já, e essa é que, alegrem-se meus amigos, não tenciono voltar a arbitrar.

Acho que a barraca que dei (???) neste último torneio foi suficiente para os meus próximos anos.
Se calhar a culpa até foi minha. Confesso que não (me) é fácil fazer os meus combates e a seguir ainda ir passar alegremente uma ou duas horas a arbitrar, em pé, e com pouco mais que uma sandes no bucho e uma coca-cola (passe a publicidade). Mas os outros fazem-no? Até pode ser verdade, mas eu decidi que não faço mais.
Podia tecer mais algumas considerações acerca do assunto, mas não estou nada satisfeito com o rumo que os acontecimentos levaram no sábado, e como não quero dizer algum disparate maior que o habitual, vou ficar por aqui.

Tenho muita pena se a minha prestação como árbitro prejudicou alguém (Joni e/ou Gama) e se tal aconteceu peço-lhes imensas desculpas, com a certeza porém que, tal como referi no começo deste post, TAL NÃO VOLTARÁ A ACONTECER.

Não peço porém, desculpas a MAIS NINGUÉM se não aos supracitados, nem à APK, nem sequer aos meus colegas de arbitragem.

E como já estou a ficar com uma certa neura, vou limitar-me a enunciar os resultados do campeonato e a fechar este post de seguida:

Veteranos:
1º lugar - Alex Figueiredo (AKL);
2º lugar - Nuno Serrano (AKL);
3º lugar - Henrique Martins (AKC);
3º lugar - eu (AKL).

(Ranking nacional de veteranos: Alexandre Figueiredo em 1º lugar [26 pontos], seguido de Henrique Martins e Nuno Serrano [21 e 20 pontos respectivamente].)

Seniores:
1º lugar - Joni Duarte (AKL);
2º lugar - Luis Sousa (AKL);
3º lugar - Helder Sacramento (AKP);
3º lugar - Pedro Gama(AKP).

Fighting Spirit(s) - Humberto Oliveira (AKC) e Ken Pereira (AKL)

(No ranking nacional de seniores, Joni Duarte é 1º [24 pontos], seguido de Luis Sousa e Helder Sacramento[22 pontos ambos].)

Já está.

2.10.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 109

Quarta-feira, 1 de Outubro 2008

Bom, mais um dia, mais um treino.
Foi um daqueles dias regulares, sem grandes sobressaltos. Aliás, parece que depois da "novidade" do retorno, o regresso à "normalidade" processa-se muito rapidamente.
Olhando assim, de repente, parece que nunca saí daqui. Bem, tirando a ferrugem que se acumulou nas suspensões e nas juntas, naturalmente... e a bateria em mau estado.
A minha única vantagem (até ver) é que eu ainda conheço mais ou menos
a estrada... e isso é que me vai safando.
Estamos muito "metafóricos" hoje...

Adiante, as (poucas) palavras finais do sensei Osaka foram dedicadas ao problema do "salto alto", como eu lhe chamo. E que é o problema do "salto alto" dirão?
Trata-se do mau hábito que se adquire por vezes de, durante a prática, e não só de ji-geiko, levantar o calcanhar do pé de trás em demasia, como se se estivesse a usar um sapato de salto alto invisível. Mais força na zona da sola do pé logo abaixo dos dedos (a que no karaté se chama o koshi), foi a recomendação do senhor Osaka para um melhor arranque e mais segurança na postura.

E mais não disse ele e mais não digo eu também.

Até.

29.9.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 108

Segunda-feira, 29 de Setembro 2008

Hoje treinei em Lisboa. Foi o trabalho que me trouxe até à capital do império e é nela onde deverei ficar durante as duas próximas semanas.

Foi um treino agradável (consegui chegar ao fim vivo), de estrutura muito semelhante à que o sensei Osaka nos habituou ao longo dos (alguns) anos em que se dedica a ensinar por cá.
Tive sorte, pois parece que só na semana passada se recomeçou a fazer ji-geiko no dojo. O pessoal tem de recuperar das férias, não é verdade?

Então lá fiz ji-geiko... finalmente. Não combatia desde o torneio de Coimbra.
Foi muito agradável, devo confessar, apesar de estar, obviamente, muito longe daquilo que se chama boa forma.
Não combati com o sensei, mas fim um bom ji-geiko com o Sérgio. Felizmente que começaram o ji-geiko à pouco tempo, pois não levei assim grandes tareias.

No fim do treino, as palavras do sensei foram muito "ji-geiko oriented", por outras palavras aconselhou a que fizessemos men--uchi pelo lado de fora do shinai do adversário.
Ou seja, em vez de fazer, como de costume, o ataque pelo lado esquerdo do shinai do mesmo, aconselhou-nos a, por vezes, passar o (nosso) shinai por debaixo do kote direito dele e entrar pelo seu lado direito.
Isto tudo, curiosamente, é uma coisa que ele faz há um montão de tempo e da qual já aqui falei e que é o "truque" de ocultar o shinai da vista do adversário enquanto se avança (ver http://usagikendo.blogspot.com/2007/12/palavra-do-senhor-osaka-90.html).

E foi assim hoje, segunda... quarta-feira (com sorte) há mais.

Abayo.


21.9.08

VIDEO ANTIGO

Descobri estas imagens de Coimbra 2006 e acho que o gajo da esquerda, o que combate em jodan, está muito bem para a idade que tem.


video

Presunção e água benta... eheheheh.

17.9.08

第56回 全日本剣道選手権大会ポスター

Sob esta fantástica frase encontrei este (não muito) fantástico poster.

Aparentemente está tudo preparado para o 56º Zen Nippon Kendo Renmei Senshuken Taikai. A rivalidade Leste-Oeste tem estado ao rubro nos últimos tempos.
Apesar de o Leste ter vencido consecutivamente nos últimos anos com Ando, Harada, Uchimura e aquele cara de fuinha que ganhou há três anos atrás... como é que o gajo se chama?... Bom, apesar desse domínio de Leste, dizia, no ano passado, o grande terramoto com epicentro em Osaka (no oeste) arrasou completamente o Budokan de Tokyo.

Teramoto Shoji ganhou a final contra Takanabe, um boy de Kanagawa que, diga-se a bem da verdade, apesar de ser de Kanagawa, não é nenhum Miyazaki Masahiro.

Pois, grande novidade... mas afasto-me do meu ponto, o que se passa é que desde o "Campeonato Nacional", chamemos-lhe assim, do ano passado que os de Osaka (e do Oeste) têm estado a ganhar tudo.

Portanto, isto vai ser bom. A minha previsão é que o Teramoto e os craques todos são todos eliminados nos respectivos primeiros combates, e quem vai ganhar é um cromo qualquer, do qual nunca ninguém, cá deste lado, ouviu falar.

Ou ganha um gajo em jodan... pois que, este ano, acho que ainda vão uns quantos. Isso é que era lindo.

Quem desejar ir assistir, ainda pode comprar bilhetes. Acho que ainda não esgotaram.

Olha... compra-me uma t-shirt oficial do campeonato.

6.8.08

UM LINK E PÊRAS

Na zona dos links acrescentei hoje mais um. Um blog, vejam só.
Eu, por acaso, até conheci o rapaz que é o autor deste blog, o George McCall. Fomos brevemente apresentados em Bologna durante uns Europeus e falámos dois minutos enquanto esperávamos na fila da comida. Não me pareceu assiiiiiiiim uma grande coisa.
Mas gosto tanto do raio do blog do George McCall, que única coisa que me ocorre dizer é: quem me dera ter sido eu a fazê-lo.

É muito bom.

23.7.08

MAS ÀS VEZES TEM DE SER

Não é (nada) comum que neste blog se fale de outras artes marciais que não aquelas que estão, de uma maneira ou de outra, ligadas ao kendo. Mas às vezes tem de ser, tal como diz o título deste post.
Isto a propósito do estágio de iniciação à Naginata (ler "naguinata" e não "najinata") que vai ter lugar em Setembro no Pavilhão da Ajuda.

O anúncio não o diz, mas deve ser quase de certeza dirigido pela nossa amiga Charlotte Vandersleyen que, por acaso, já era responsável por um dos (poucos) posts "não-kendoísticos" deste blog (http://usagikendo.blogspot.com/2007/09/stop-press.html).
Pois, pois, leram bem 3ª classificada no Campeonato do Mundo. Isso, isso... do MUNDO. Pois bem, essa senhora vai dirigir um estágio em Lisboa. Certo? É preciso dizer mais alguma coisa?

16.7.08

MEN BY PLAYMOBIL (PARTE 2)

Olh'aí em 3 cores diferentes.


Quer dizer, não havia necessidade, não é???

Estes coreanos andam danados pr'a inovação. Inovam tudo. Até o que não precisa de ser inovado.
Já há um ano ou dois tinha mostrado um novo tipo de men que os rapazes andavam a utilizar (ver fime abaixo). Eis agora a última loucura da moda em relação ao men. Eu sei que eles não gostam das coisas "clássicas" do kendo japonês... olha, as cores dos keiko-gi, por exemplo, mas também não é preciso exagerar. É que este men tem um ar muito... pouco sério.





Estes eu até que gostava deles. Têm um ar confortável...


28.6.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 107

Sexta-feira, 27 de Junho 2008

Já fazia tempo que não treinava em Lisboa e apesar dos treinos em Faro serem... hum... pois, levezinhos, digamos assim, não me foi muito difícil este retorno (por um dia) ao meu dojo de sempre.
E que belo dia para treinar estava ontem. Depois de atravessar o Alentejo às 2 da tarde com o termómetro do carro a marcar 40 graus lá fora (e lá dentro também, pois o ar condicionado do meu Corsa não funciona), os trinta graus de Lisboa pareciam-me um sinal evidente que me encontrava agora num clima fresco e ameno. No dojo, as novidades não eram muitas: mais um bogu* (estreado ontem) mais dois ou três principiantes (dou-lhes até ao fim do mês?) e de resto, as mesmas caras e a mesma boa vibração de sempre.

Estava cheio de vontade de fazer ji-geiko com o sensei Osaka mas ele está "meio-lesionado" e acabei por nem fazer ji-geiko tampouco. A aula girou toda em torno de kihon, kiri-kaeshi e kakari-geiko.
Bastante energética, foi uma daquelas aulas em que nem temos tempo para ficar cansados e apenas alinhamos sucessivamente nos diferentes exercícios, uns atrás dos outros, sempre a bom ritmo, sempre sem parar... no fim, estava um bocadinho cansado mas as horas que tenho passado no "Centro do Ferro" (grande nome para um ginásio) a malhar, acabaram por valer a pena.

No fim, as palavras do sensei foram dedicadas exclusivamente a um dos géneros de kakari-geiko que fizemos e, por serem uma coisa muito expecífica, não têm grande relevo fora do contexto em que foram ditas.
Assim sendo, vou parar este assunto por aqui e escrever, já de seguida, um outro pequeno texto baseado num pequeno incidente/acontecimento que se passou ontem comigo no treino e que se intitula:


O KENDO SÃO OS OUTROS


Rei

Já várias vezes que vi, em foruns e outras escritas dedicadas ao kendo, conversas e textos relacionados com a etiqueta (rei-ho) no dojo e com os "salamaleques" (como lhe chamam alguns).
Ontem, uma das pessoas mais dedicadas ao kendo que conheço, e das que mais respeito, num impulso muito próprio da juventude, atropelou-me literalmente durante um exercício.

Eu explico, eu tinha acabado de fazer um kakari-geiko e depois de ter sido kakarité, seguindo a prática corrente do nosso dojo, preparava-me para ser motodachi. Quando me virei reparei que já tinha o meu oponente seguinte pronto para fazer o exercício.
Até aqui nada de especial, não fosse o caso de ele já estar em cima de mim e de eu comer imediatamente com um men, "a abrir", e de nem ter tido tempo de me preparar para melhor cumprir o meu papel. Mas a coisa passou, recuperei a compostura e o jovem fez o seu (excelente) kakari-geiko cheio de velocidade e precisão.
No fim, ainda "injectado" de energia, simplesmente virou-me as costas e foi imediatamente ser motodachi de um outro praticante.

Ora, se uma vez ainda passa (é o passas), duas já é demais. Eu sempre fui partidário dos salamaleques "tradicionais" do kendo, mas desta vez, senti como nunca tinha sentido antes, para que serve aquela coisa toda da etiqueta e das saudações e tudo mais.
Se eu não tivesse estado lá ele não tinha feito aquele kakari-geiko. É tão simples quanto isso. Não importa a dedicação que demonstrasse, a vontade de fazer kendo que tivesse, SE EU NÃO ESTIVESSE LÁ, para ser motodachi, ele não faria o kakari-geiko.
Por extensão, pode-se dizer, sem qualquer receio de faltar à verdade, que, se não existir um oponente/colega/motodachi (chamem-lhe o que quiserem) não há kendo.

Se há coisa que o kendo ensina é que somos todos dependentes uns dos outros. E é (só?) por isso que é importante demonstrar o respeito que temos pelos nossos colegas de prática antes, durante e depois do keiko.
E para dar uma ideia de como "o outro" é um factor importante na prática, pensem como fariam kata sozinhos... ou então, nas diferenças que há, por exemplo, em fazer ji-geiko com um colega do vosso nível e com um 7º dan... olha, como o senhor Osaka.

Em resumo, ninguém faz kendo sozinho. Se calhar, sozinho, até se pode fazer alguma coisa parecida, mas essa coisa não é kendo de certeza absoluta.

O nosso kendo são os outros.



*Parabéns Pedro.

23.6.08

TORNEIO DO PORTO 2008

Teve lugar, um dia destes, o Torneio do Porto de 2008.
Da parte do meu amigo Pedro Marques recebi (e muito agradeço) os seguintes resultados, obviamente referentes ao dito evento, ao qual não pude comparecer:

Veteranos
Nuno Ricardo
Alexandre Figueiredo
Henrique Martins
Sérgio Andrade
FS José Freitas

Seniores
Joni Duarte
Pedro Neto
Pedro Gama
Helder Sacramento
FS Pedro Gama
FS Natacha Santos

Muitos parabéns aos vencedores e aos fighting-spirits e a todos os que participaram.
Até Outubro no Torneio de Lisboa. A esse eu tenciono ir.

5.6.08

SÓ VISTO

http://www.youtube.com/watch?v=Q4SHWXQBVL4

Não percam. Nem digo mais nada.

4.6.08

COIMBRA 2008

Pois... lá se foi mais um torneio.
E se os combates foram ferozes durante a tarde, da parte da manhã as coisas não foram menos animadas ao loooooooooooongo da Assembleia Geral. Entre acordos e desacordos, as duas competições previstas lá tiveram lugar. Primeiro, na recente - e polémica - categoria de "Veteranos" e depois, na de "Seniores".
Os resultados estão (finalmente) publicados no site da APK, por isso não faz grande sentido repeti-los agora aqui, 4 ou 5 dias depois da competição. Apenas quero apresentar os meus cumprimentos ao "Sousa" pela sua vitória entre os seniores, que apesar de eu não ter visto combater senão nas pools, tenho a certeza que terá sido merecida. Por isso

PARABÉNS, Ó "SOUSA".

O vencedor dos veteranos não merece parabéns... afinal, perdeu comigo nas pools. Eheheh... ok, vá lá, parabéns Alex.

3.6.08

OS CONTESTADOS


Fotografia: Pedro Neto

Pela primeira vez num torneio da APK foi criada uma categoria (bastante contestada, diga-se de passagem) de "veteranos". Em Coimbra, no domingo, eram 11.

NÃO SEI E NÃO DESCUBRO

Quem ganhou o Torneio de Coimbra na categoria de seniores?

Dois dias depois do torneio:

- O site da Associação Portuguesa de Kendo não diz.
- O site da Associação de Kendo de Coimbra não diz.
- O blog com ligações à Associação de Kendo de Coimbra não diz.
- O forum da e-bogu não diz.
- O forum da Associação de Kendo do Porto não diz (por isso, o vencedor não deve ser de lá).
- O secretário da APK, a quem enviei um pedido de informação, não diz.

Enfim... vá lá que vivemos na era da comunicação.

8.5.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 106

Quarta-feira, 7 de Maio 2008

Hoje fizemos uma coisa nova. Mas como a minha taxa de presenças tem sido algo diminuida ultimamente, se calhar deveria dizer que hoje eu fiz uma coisa nova.
Chama-se butsukari-geiko. Exactamente: butsukari-geiko.

E o que é butsukari-geiko, perguntarão?
Pois bem, é uma espécie de kakari-geiko. Na verdade, o espírito deve ser o mesmo do kakari-geiko, só que em vez de se fazer as técnicas "a passar" faz-se "a chocar".

Para fazer butsukari-geiko é necessário um motodachi e um kakarité.
Motodachi, tal como o nome indica, deverá receber os ataques de kakarité, só que, em vez de o deixar passar como num kakari-geiko normal, não deixa!... Faz (SEMPRE) tai-atari e, em tsuba-zeriai, oferece-lhe um alvo para o outro atacar... com hiki-waza, claro.

Butsukari-geiko, resumindo, é kakari-geiko sem passagem, mas com choque.
É kakari-geiko nos dois sentidos: atacar a avançar (shikake-waza) e atacar a recuar (hiki-waza).

No fim da aula, o sensei reforçou a ideia que butsukari-geiko deve ser feito com um espírito muito semelhante ao kakari-geiko. Motodachi deve ser rápido a decidir onde vai deixar que o outro o atinja e kakarité, pelo seu lado, deve atingir o mais correcta e rapidamente possível os datotsu-bui que lhe são "oferecidos".

E já está. Foi mais um keiko e este já ninguém mo tira. Okini.

30.4.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 105

Segunda -feira, 28 de Abril 2008

Já nem sei há quanto tempo não treinava... uma semana ou duas?... quer dizer, tirando os treinos de Faro aos sábados, claro.

Mas enfim, lá fui eu até ao Alto do Varejão, uma vez mais encontrar-me com o meu destino.

E foi um keiko até nem muito pesado. Geri os meus "problemas físicos", o fôlego e o tornozelo marado, de maneira bastante consciente e, no final, fiquei mais ou menos contente com o meu (fraco) desempenho.
50 sho-men suburi a abrir, mais 50 sayu-men e mais 50 choiyaku logo a seguir ao taiso, só para "acabar de aquecer".
Kirikaeshi e do-kirikaeshi; men e kote-men a passar; men tai-atari do (4 vezes) e men a passar; renzoku men; renzoku kote-men. Kirikaeshi e fecha a loja.

No fim, o sensei chamou-nos a atenção sobre a maneira correcta de executar kote-do. E disse-nos que depois de executar o kote o shinai deve passar em frente da cara do adversário enquanto sobe.
Vantagens? Duas só assim de repente:
1 - a confusão causada ao opositor que não compreende o que se vai seguir, visto que o shinai no alto pode dar origem a qualquer ataque (menos tsuki, claro);
2 - não denunciar o ataque em do, visto que o shinai não se encontra numa posição lateral, mas sim ao meio;

Por incrível que possa parecer esta pequena explicação pode ter-me oferecido um dado essencial para que eu sinta melhor o meu kote-do que, diga-se a bem da verdade, nos últimos tempos anda nas ruas da amargura. No próximo treino, verei.

15.4.08

EUROJONI

As únicas imagens que consegui arranjar dos Campeonatos da Europa de Kendo que se disputaram o mês passado na Finlândia.
São imagens "oficiais" do campeonato e apenas consegui encontrar uma mão-cheia delas nas quais a bandeira portuguesa enfeita o tare do interveniente. Curiosamente, só encontrei fotos do Joni e daí o título deste post. Há mais?

Uma tentativa de tsuki; tá certo, é preciso ser ousado nestas coisas...

... sobretudo quando se combate contra um gajo em jodan.


KENDO CAMPUS 2008 EM VALENCIA

Suzuki Yasunori (8º dan hanshi), Maruyama Satoshi (8º dan kyoshi) e Miyauchi Masayuki (7º dan kyoshi) são os professores convidados este ano para dirigirem o Kendo Campus que terá lugar em Valencia de 21 a 27 de Julho.
Toda a informação respeitante ao estágio pode ser encontrada em http://www.kendocampus-valencia.com.

1.4.08

O MUNDIAL DE KENDO NO BRASIL "TRANSFERIDO"

Pois parece que a coisa está complicada. Numa visita ao site da Confederação Brasileira de Kendo http://www.cbk.esp.br fui recebido com uma triste notícia, logo na homepage do site.

Aparentemente, a FIK (Federação Internacional de Kendo) retirou a autorização e a confiança que tinha depositado nos brasileiros e passou-as para a Federação Boliviana.
O 14º Campeonato do Mundo de Kendo deverá, por isso, ter lugar em Bogotá e não em S. Paulo como anteriormente estava estabelecido.

E isto tudo é o pouco que também consta na página oficial da FIK (http://www.kendo-fik.org/index.html).

À medida que forem surgindo novidades elas serão colocadas aqui.

28.3.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 104

Segunda-feira, 31 de Março 2008

Belíssimo keiko. Super-dinâmico, sempre "a abrir" do princípio ao fim.
Um verdadeiro banquete de kendo. Eis o menu:


Entradas:
Tai-so;
Cem suburi (10 sho-men alternando com 10 sayu-men, até atingir os 100);
Cinquenta choyaku-suburi;
1º Prato:
Séries de kiri-kaeshi;
2º Prato:
Men a passar, acompanhados de kote-men e kote-do;
Men tai-atari do (4 vezes) com men a passar no fim;
Men, kote-men, kote-do, men tai-atari men, men (à discrição);
Sobremesa:
Kakari-geiko leve e fresquinho, servido antes de um ji-geiko breve, mas bem quente;


No fim, o sensei referiu-se à mão esquerda (atenção pessoal de Faro, isto é também para vocês) como sendo fundamental para executar um bom kiri-kaeshi. À medida que o cansaço começa a instalar-se, a mão direita começa (naturalmente) a ganhar predominância sobre a esquerda. Não deixar que tal aconteça. A mão esquerda a fazer força é um factor essencial para um kendo mais correcto.

E pronto:
Em seguida, de barriguinha cheia, lá fomos para casa... jantar. Que estes banquetes dão-me uma fomeca...

23.3.08

RESULTADOS DO EKC 2008

Acabaram os 22ºs Campeonatos da Europa de Kendo.
Aos resultados abaixo falta adicionar o explêndido fighting spirit conseguido pelo nosso Joni com votos de muitos parabéns ao mesmo.

Equipas Feminino:
1.Alemanha
2.França
3.Finlândia
3.Itália

Individual Feminino:
1.Susanne Aoki, Alemanha
2.Wiebeke Röhrbein, Alemanha
3.Barbara Király, Hungria
3.Pauline Stolarz, França

Equipas Masculino:
1.França
2.Alemanha
3.Espanha
3.Grã Bretanha

Individual Masculino:
1.Sándor Dubi, Hungria
2.Guillaume Sicart, França
3.Wesley Haeke, Bélgica
3.Peter Herr, Alemanha

Equipas Juniores:
1.França
2.Suécia
3.Polónia
3.Hungria

Individual Juniores:
1.Markel Arregui, Espanha
2.Bartlomiej Gromul, Polónia
3.Simon Cohen, França
3.Milos Petrovic, Sérvia

Os resultados aqui apresentados são da responsabilidade do site oficial do campeonato.

20.3.08

100 KOTE (4/4)

Os últimos...

19.3.08

FIM-DE-SEMANA DE CAMPEONATOS DA EUROPA

Decorre durante este fim-de-semana de Páscoa o 22º Campeonato da Europa de Kendo, em Helsinki na Finlândia.
O nosso país, como já vendo sendo hábito, está representado pelos praticantes da Associação Portuguesa de Kendo, nas competições individuais e de equipas... e pela primeira vez, como referi antes, na equipa de arbitragem, com a presença do sensei Osaka Masakiyo.
Como tenho andado meio-afastado das lides não tenho a certeza de quem são os apurados deste ano para a competição...
Se alguém se quiser "chegar à frente" e postar aqui (nos comentários) os nossos representantes, a colaboração será, obviamente, bem vinda.

No entanto, aqui fica o apoio deste modesto blog à nossa selecção:

Ganbatéééééééééééé Porutugaru.

11.3.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 102 E 103

Segunda-feira, 10 de Março 2008

São impressionantes por vezes as coisas que o senhor Osaka repara. Bom, também deve ser por isso que ele é 7º dan e nós não.

No fim do treino de hoje ele chamou-nos a atenção para algo que muita gente faz erradamente e nem repara. Melhor ainda, algo que muita gente faz de maneira errada, convencida que é uma daquelas coisas que está a fazer bem.

Refiro-me àquele pequeno passo, aquele gesto de "entrar na distância" antes de começar a fazer kirikaeshi.

Nem toda a gente o faz. Em princípio, quem o faz são pessoas a quem, já tendo passado a fase de principiante, lhes é dito que, para fazer um kirikaeshi mais correcto, se deve começar de to-ma (de uma distância maior), entrar na distância certa e, em seguida, executar o primeiro dos 21 men que compõem um kirikaeshi normal.

Ora dizia o dito senhor, e com razão, que muitas vezes ao entrar na distância, "entramos demasiado". Isso significa que, se por um lado começamos correctamente em to-ma, ao entrarmos demasiado (muito "espírito"?), já nos vamos encontrar numa situação (incorrecta) de chika-ma.
O resultado é um men executado com a parte central do shinai; mal executado, portanto.
E isto é bastante interessante. Como o objectivo de fazer mesmo bem um gesto, nos pode inconscientemente levar a executá-lo bastante mal.

Resumindo, arrancar para kirikaeshi de to-ma, sim definitivamente, mas ter atenção ao tamanho do passo para não passar da distância de issoku itto no-ma.

Nota mental: juntar mais esta às preocupações pré-existentes, antes de começar cada kirikaeshi.


Quarta-feira, 12 de Março 2008


Nesta quarta o senhor Osaka, um pouco parco em palavras, disse-nos apenas, e mais uma vez, para fazermos coincidir o momento do impacto do shinai com o fumikomi-ashi.
Porquê? Ver post 101.

Abayo.

100 KOTE (3/4)

Mais...

10.3.08

E ASSIM FOI QUE TUDO ACONTECEU

A primeira aula de kendo leccionada por um elemento da Associação Portuguesa de Kendo (eu), teve lugar em Faro, conforme foi previamente aqui anunciado, no sábado passado.
Seis alunos, compenetrados na aprendizagem da via da espada, compareceram às 14 horas no local definido, a Praceta Prof. Aleixo da Cunha, 8, em Faro. Aos seis, os meus sinceros e humildes agradecimentos pela vossa presença.
Agora, é "só" continuar.

Ganbatte.

6.3.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 101

Quarta-feira, 5 de Março 2008

Voltei hoje a treinar.
Depois de um mês afastado devido a compromissos profissionais, voltei finalmente.
O Joni já me tinha dito que as coisas andavam ao rubro ali pela Patrício Prazeres. E a verdade é que o treino de ontem foi bastante intenso. Do aquecimento, saimos directamente para men-tsuke e foi um rodopio até ao fim.
Kirikaeshi(s), 10 men a passar ("como se fosse kakarigeiko", disse ele) depois 10 kote-men (mesma coisa), 10 kote-do... e depois veio parte boa.
Men uchi contra um motodachi de uma ponta à outra do dojo, mas no sentido do comprimento do mesmo, não da largura como é hábito fazer tudo. Rápido... e depois o mesmo para kote.men, e depois igual para... hiki-men.... e ainda... hiki-men+hiki-do...

Dói. É tudo o que tenho para dizer. Dói.

No final, as poucas palavras do sensei Osaka foram dedicadas a incitar-nos a tomar mais atenção, para que façamos sempre coincidir o fumikomi-ashi com o momento do datotsu. Ou seja, afinar ki-ken-tai no ichi. No momento do impacto, tudo deve estar em uníssono. O espírito, a espada e o corpo tudo bate ao mesmo tempo, e para que o corpo não chegue atrasado a este rendez-vous é preciso fazer o quê?
Lá está, fumikomi-ashi bem feito.

3.3.08

100 KOTE (2/4)

Prossegue:

28.2.08

100 KOTE (1/4)

Kote para todos os gostos: debana kote, hidari kote, migi kote, agegote, hiki kote... é como o freguês desejar... até tem alguns, poucos, kote(velo)s... ouch.
Só para apreciadores:

24.2.08

KENDO EM FARO... FINALMENTE!!!

Posso oficialmente anunciar o começo das aulas de kendo em Faro.

No próximo dia 8 de Março, sábado, entre as 14h e as 15,30h, terá lugar o primeiro keiko nas instalações conhecidas como "O Dojo", na Praceta Aleixo da Cunha, 8, em Faro.

O preço das mensalidades será de 25 euros por pessoa, por mês.

Nesta primeira fase, tudo o que os praticantes necessitam é de um shinai e de roupa confortável, com a qual se possam movimentar facilmente.

Tal como já referi neste espaço, o treino está aberto apenas a praticantes com idade superior a 14 anos de idade.

Se não conseguirem adquirir um shinai em Faro, informem-me com antecedência, pois eu poderei comprar alguns aqui em Lisboa para quem necessitar.

Dúvidas: ver e-mail ao lado.

Ganbatte.

20.2.08

EIGA NAOKI (TRI)IPPON

Renzoku(sandan!)-waza, Eiga style.
Tsuki, seguido de kote-men (katsugi). Três em um. Três ataques e todos lindos.
O "rapaz" é bom. Só gostava de saber qual é que os árbitros marcaram.

19.2.08

WOW

Já o tinha visto fazer o mesmo ao Harada, mas nunca me canso de rever estas pequenas maravilhas.
É aos 2 minutos e 8 segundos... e tem repetição em slow-motion!

18.2.08

O 1º ÁRBITRO INTERNACIONAL DE KENDO PORTUGUÊS...

... é japonês. 
Depois de comparecer, na Bélgica, no estágio internacional de arbitragem organizado anualmente pela International Kendo Federation (FIK), o sensei Masakiyo Osaka, 7º dan e director técnico da Associação Portuguesa de Kendo, foi oficialmente escolhido para arbitrar nos 22ºs Campeonatos da Europa de Kendo que se disputarão em Helsinkia.

Daqui enviamos os nossos sinceros parabéns ao escolhido.

KENDO EM FARO (A SAGA)

E eu ainda me admiro.
Mas, por outro lado, não posso deixar de me admirar.
Porque é que não há mais coisas a acontecer em Faro? Será porque toda a gente quer enriquecer de um dia para o outro?

Vem isto a propósito da saga que é encontrar um lugar para treinar kendo (uma "miserável" vez por semana) nessa linda cidade de Faro.
O sítio ideal já o encontrei (ou assim julgava, na minha santa inocência), o problema foi o preço obsceno que me foi pedido (depois) a troco da cedência do mesmo: 35 EUROS À HORA.

35 EUROS? Em Lisboa pagamos aproximadamente UM TERÇO disso por um espaço com o DOBRO do tamanho. E dizem que Portugal é Lisboa e o resto é paisagem? Pergunto-me porque será?

Enfim, não me vou estender mais sobre este assunto porque isto dá-me uma neura desgraçada e ainda começo pr'aqui a dizer disparates.
As investigações prosseguem. É tudo o que lhes posso dizer, neste momento.

14.2.08

KODACHI-NO-KATA SANBONME (COMO ERA E COMO É)

Por fim, o último de todos os Nihon Kendo Kata. Ei-lo antes:

video

E ei-lo hoje:

11.2.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 100

Segunda-feira, 11 de Fevereiro 2008

Eis-nos então chegados à centena.
Quero agradecer aos meus pais... não, não... ao Sérgio, quero agradecer ao Sérgio pela ideia que teve e que deu origem a estas "palavras" e pelo facto de ma ter oferecido.
Graças a esta rubrica tive muitas vezes a oportunidade de pôr os meus pensamentos em dia acerca de uma série enorme de assuntos, mas, mais do que isso, permitiu-me ter uma atenção especial a uma parte das aulas que normalmente apenas encarava (quase) como uma rotina diária e raras vezes como uma fonte de inspiração e introspecção. Vamos a isso, então:

A aula de hoje foi-me muito difícil. Por motivos profissionais que não são pr'a aqui chamados, creio que ainda não tinha treinado este mês. Como se isso não bastasse o meu tornozelo começou a doer-me logo assim que sai do trabalho. No aquecimento ainda consegui gerir mais ou menos a coisa, mas por altura dos ashi-sabaki do costume, já me arrastava qual corcunda de Notre Dame. De cada vez que o pé esquerdo tinha de puxar pelo outro, só me apetecia chamar pela minha mãezinha... e a aula ainda nem tinha começado a sério.

No entanto, fizemos um grande ji-geiko, eu e o meu irmão. Uns cinco minutos ou mais. Por fim, só já me aguentava em pé fazendo jodan-kamae. Ao menos assim o pé esquerdo não tem tanto trabalho; está à frente, basta-me dar umas patadas no chão de vez em quando e está tudo fino.

No fim, o sensei falou acerca de kakari-geiko que, por acaso, foi uma das coisas que fizemos mesmo antes do combate livre. Disse ele então que, nesta altura, é bom que façamos kakari-geiko centrando a nossa atenção mais na certeza e rectidão dos ataques e que utilizemos menos técnicas como harai ou maki ou o que quer que seja, para tirar o shinai do adversário do caminho antes dos ataques.

E assim termina, amiguinhos, a centésima edição da palavra do senhor (Osaka).

Até que.

7.2.08

KODACHI-NO-KATA NIHONME (COMO ERA E COMO É)

Kodachi kata nº2. Antes...

video

...e depois.

3.2.08

MIYAZAKI MASAHIRO BEST OF

Palavras para quê? É o "artista japonês" nos seus melhores momentos. O vídeo tem um "buraco negro" de alguns 8 ou 9 segundos, mas de resto... é tudo bom.



... e um dos maus momentos do "artista", neste caso contra Harada. A prova que até os melhores não devem levantar os braços a seguir a um men. Eis porquê:



Ouch.

KODACHI-NO-KATA IPPONME (COMO ERA E COMO É)

Então cá estamos, tachi vs kodachi.

O primeiro, à maneira do antigamente:

video

E depois à maneira recente:




KENDO EM FARO 3

Está quaaaase...

2.2.08

LINKS DE FEVEREIRO

Os links deste mês estão ambos bastantes relacionados com a espada japonesa.
E se, no caso do kendo link do mês seria óbvio que assim fosse, já no caso do budo link creio que nunca tinha acontecido.

O kendo link surgiu de uma proposta amiga do nosso grande Manuel Alves. "Paroles de Hanshi" é uma colectãnea de pequenos textos, dedicados aos assuntos mais variados, desde a assiduidade às aulas até seme, passando pelas virtudes de kiri-kaeshi até graduações. Ah, é tudo em francês...

O budo link de fevereiro é dedicado ao itto-ryu kenjutsu e foi escrito por Meik Skoss um dos fundadores, se não me falha agora a memória, do site koryu.com, que aliás já foi aqui site do mês já algum tempo atrás.

Divirtam-se.

31.1.08

NANAHONME (COMO ERA E COMO É)

Finalmente, o sétimo e último, e o mais lindo, dos Dai Nippon Teikoku Kendo Kata (Kendo Kata do Grande Japão Imperial).
100 anos atrás:

video

E hoje:



E assim, no que a "tachi contra tachi" diz respeito, estamos arrumados. Agora só faltam os três tachi contra kodachi.

30.1.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 99 e meio

Quarta-feira, 30 de Janeiro 2008

O orador baldou-se.
Fui eu a dar a aula, mas como não me chamo Osaka...

Até de hoje a uma semana. Pois, que 2ª a escola deve estar fechada para férias do carnaval, certo?...

ROPPONME (COMO ERA E COMO É)

O penúltimo, tachi vs tachi, como era antes:

video

E como é hoje:


29.1.08

KENDO EM FARO 2

Prossegue a batalha para encontrar umas instalações para treinar em Faro.
Mais informações serão postadas aqui quando as mesmas existirem.

Até lá, o processo de pré-inscrição continua, tal como foi definido num post previamente publicado neste blog e intitulado "Kendo em Faro".

Onegaishimassu.

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 99

Segunda-feira, 29 de Janeiro 2008

Esta coisa de estar fora às 6ªs está a afectar (bastante) o meu (pouco?) rendimento nas aulas.
O meu ritmo está muito baixo e felizmente não fizemos ji-geiko, pois creio que teria sido facilmente destruído, arrasado, obliterado, escangalhado, desmembrado, estropiado, atomizado, desfeito, liquidificado, moído, espremido, anulado, espancado, espalmado, reduzido à minha parcela mais ínfi... enfim, percebem o que quero dizer? Certo?

O treino nem foi muito puxado, mas não estou mesmo com pedalada.
Ainda mal tinha acabado de chegar do Algarve, arrumei a tralha e lá fui eu para a Patrício Prazeres. Ontem havia poucos principiantes o que indicaria quase automaticamente um treino mais duro, mas o sensei não estava para aí virado. Foi um keiko bastante energético, chamemos-lhe assim, mas aguentei-me à bronca sem grandes problemas. Também, como já disse antes, muito "graças ao facto" de não ter havido ji-geiko, ou kakari-geiko, senão seria com certeza desancado, despedaç... hum... é a PDI, não levem a mal.

No final do keiko, o sensei enfatizou a importância de fazer coincidir o fumikomi-ashi, a "patada no chão", com o momento do impacto do shinai no alvo escolhido. Quer seja no caso de um ataque só ou, por exemplo, como demonstrou, no caso de kote-men ou kote-do. Uma "patada" no momento do kote e outra no do men... uma para o kote, outra para o do.

Adiante.

Bom, na próxima 4ª feira, e para celebrar a centésima edição desta rubrica, os comentários deste modesto blog estarão activos.
NOTA: Se eu conseguir activá-los, uma vez que o meu computador, por vezes, parece ter vida própria e gosta de, sozinho, fazer ao contrário daquilo que eu quero fazer. Veremos.

Arigato gozaimasté.

23.1.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 98

Quarta-feira, 23 de Janeiro 2008

Hoje foi um daqueles dias em que até me custou a sair da cama.
Estive por um milímetro para não ir ao treino. Mas lá fui. E, mais uma vez, lá fui forçado pela força das circunstâncias a dar o início do treino. Pá, não estou com pachorra para escrever mais. Estava cansado quando decidi ir treinar e estou cansado mais cansado ainda neste momento.

As palavras finais do sensei foram dedicadas a execução de men, dizendo pela cangalhésima octagésima décima nona vez que: "Quando se faz men o corpo não pode estar inclinado, como que a cair, para a frente."

... e fim. E fui.

22.1.08

GOHONME (COMO ERA E COMO É)

Há 100 anos. Bom... mais ano, menos ano...

video

... e hoje. Bom... mais dia, menos dia.

TEMOS SELECÇÃO NACIONAL 2008

Bem, parece que depois do (ligeiramente acidentado) "Torneio dos 10" de sábado passado, a nossa selecção para o Europeu da Finlândia está apurada.

Os "meninos" que nos deverão representar, se não houver desistências, serão:

Apurados previamente estavam:
Joni Duarte (AKL)
Alexandre (El Chino) Figueiredo (AKL)

Apurados no "Torneio dos 10"*:
Brito, Francisco (AKP)
Marques, Pedro (AKC)
Oliveira, Ricardo (AKP)
Sousa, Luis (AKL)

De notar que pela primeira vez, desde que me lembro, o Nuno Ricardo não está presente na selecção. Estará a ficar velho??? Adiante. Só resta desejar-lhes (não, boa sorte não, que a sorte não tem nada a ver com isto) muita genica, muito espírito e muita vontade.

GAMBATTÉÉÉÉÉ!!!

P.S.: Um grande abraço para o Henrique e desejos de rápidas melhoras e olha, não te chateies, tens o mundial para o ano que vem.

P.S.2: A fonte destas informações foi "o Sousa"; portanto, se alguma coisa estiver errada A CULPA É DELE, ok?

*Por ordem alfabética para não ferir sensibilidades.

21.1.08

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 97

Segunda-feira, 21 de Janeiro 2008

Hoje não foi um bom dia para mim. Apesar do treino ter sido excelente (ou talvez por causa disso mesmo) cheguei ao fim completamente destruído.
É a velha história: um dia sem treinar e o teu corpo nota, uma semana e o teu adversário nota... e por aí fora.
O treino foi mesmo muito interessante. O meu tornozelo não começou lá muito bem, o que fez com que eu não começasse lá muito bem, tanbém. Mas lá para o meio do keiko atinou e a coisa lá foi andando. Combati contra o sensei e levei um baile daqueles à maneira antiga. Não lhe consegui praticamente tocar. Estava naqueles dias terríveis, o senhor.

Temos andado a fazer um exercício diferente nos últimos tempos.
Um misto de uchi-komi e kakari-geiko bastante bom, mas também bastante cansativo.
O princípio do dito exercício é simples: ataca-se com um de dois ataques pré-definidos (men ou kote-men), vai-se a tai-atari e em seguida faz-se hiki-waza (hiki-men ou hiki-kote ou hiki-do) consoante a abertura que o parceiro nos "oferece". Assim que recuamos para a distância (graças a hiki-waza) o adversário ataca por sua vez com um dos dois ataques que tem à sua escolha, nós recebemos o ataque, aguentamos o tai-atari e por aí vai... depois é só repetir o mais intensamente possível e o mais rapidamente possível... tipo kakari-geiko.

Bem feito este trabalho é devastador: dez vezes mais cansativo do que ji-geiko. Costas, braços e pernas, fica tudo em papa. Pois aí está. Já não me admiro tanto da porcaria de ji-geiko que fiz... pois...

No fim, o sensei referiu que para fazer bem o exercício que descrevi ,convém mesmo, mesmo, dar tudo por tudo. Atacar com espírito, chocar forte, sair em hiki-waza rapidamente... e não perder tempo entre accções; assim que um faz hiki-waza, mal ele chega a issoku itto-no ma, já o outro deve estar a atacar. Deve ser um "jogo" sem interrupções.

Enfim, só de descrever o que se passou já estou cansado outra vez... vou afundar-me no sofá em frente à TV.
Não me falem mais de kendo, hoje.

Arigato gozaimastééééé...

20.1.08

YOHONME (COMO ERA E COMO É)

Portanto... como era...

video

... e como é.

16.1.08

KENDO EM FARO

A parte "burocrática" está resolvida: já falei com o sensei Osaka, Director-Técnico da Associação Portuguesa de Kendo e com o Dr. Nuno Serrano, Presidente da Associação Portuguesa de Kendo. E, tal como esperava, ambos foram bastantes receptivos quanto à eventual abertura (por mim) de uma nova classe de kendo em Faro.
A partir da próxima sexta-feira, por motivos profissionais, vou ser obrigado a dirigir-me todos os fins-de-semana para o Algarve.
Assim, espero, para começar, poder leccionar 2 horas ao sábado ou ao domingo. E digo ao sábado ou ao domingo porque falta agora encontrar um sítio adequado para a prática e os horários dependerão, como é óbvio, da disponibilidade das instalações.

Todos os (maiores de 14 anos) interessados em praticar kendo em Faro deverão enviar uma pré-inscrição para IMDRabbit@hotmail.com, até dia 31 de Janeiro de 2008, com o título "KENDO EM FARO".

Na pré-inscrição deverá constar o obrigatoriamente o nome e a idade; informações sobre a prática (ou não) de outras artes marciais são bem vindas.

Mais pormenores em breve; aqui ou em www.kendo.pt.