30.9.07

E OS VENCEDORES SÃO:

Os felizes vencedores na tradicional foto com os seus prémios.


O representante da e-bogu, Dr. Sérgio Andrade,
com o Kendoka Revelação 2007.

Pedro Marques e Joni Duarte.
Respectivamente “Kendoka Revelação” e “Kendoka do Ano” 2007.

Eleitos apenas pelos seus pares, como convém.

Muitos parabéns a ambos.

Agradecimentos especiais à e-bogu, pelo patrocínio e apoio, e a todos os que votaram, pela sua participação nesta, obrigatoriamente modesta, acção promocional do kendo e dos kendokas protugueses.

29.9.07

USAGI AWARDS 1ºS RESULTADOS

Estão eleitos os dois vencedores do ano.

Por agora, o que posso revelar é que um é de Lisboa e outro não.

Pronto. Pró ano talvez haja mais. Veremos.

28.9.07

FIM DE PRAZO: 22 HORAS


Faltam horas apenas para se saber quem serão os "Kendoka do Ano" e "Kendoka Revelação" do ano de 2007.

Os Usagi San Awards 2007, nunca é demais salientar, contam este ano com o gentil e exclusivo patrocínio da E-Bogu Portugal.

As "urnas" encerram hoje às 22 horas TMG e as "estatuetas" estão prontas, faltando apenas preencher o espaço onde brilharão os nomes dos eleitos.

Os prémios serão entregues amanhã, 29 de Setembro, durante o Torneio de Lisboa.

Se ainda não votou, já sabe pode fazê-lo até às 22 horas de hoje para o email:

Até amanhã.

26.9.07

USAGI SAN AWARDS EM 2008?

Faltam aproximadamente 48 horas para o final da votação nos Usagi San Awards 2007.

O ano passado, por esta altura, o vencedor estava quase definido e a votação tinha já sido muito superior à deste ano.

O que põe em questão uma data de coisas. A começar pela continuação ou não da existência deste blog.

É que, se por um lado, os números de visitantes nunca foi tão alto, por outro, nunca a interacção entre os visitantes e o "corpo editorial" do mesmo foi tão baixa.

Eu não me vou queixar que esta coisa de blogar dá muito trabalho, não dá. Pelo menos a mim, não me dá. Sempre fiz questão de ter este blog a funcionar por uma questão de prazer.

Nunca tive um milímetro de espaço ocupado com anúncios.

Para poder ter a lata de pedir coisas a outras pessoas, nomeadamente textos para traduzir ao Sensei Tokitsu, ao Sensei Honda ou ao Dr Alex Bennett, só para citar alguns daqueles que andei a melgar ao longo destes anos, sempre achei vital que ninguém pudesse, de maneira nenhuma, encontrar nestas páginas algo que fosse visto como tendo sido criado com espírito comercial ou com objectivo de lucro.

Quando eu era miúdo, e praticava karate, nos longínquos anos do milénio passado, lembro-me bem da seca que era ter de esperar um mês (às vezes vários, porque a distribuidora portuguesa fazia gato-sapato dos leitores) pela edição de uma revista francesa chamada "karate". Aquelas dezenas de páginas (em princípio) mensais eram um oásis de informação para o praticante faminto de notícias.

Hoje, para a maior parte dos praticantes de budo nacionais, essa é uma realidade completamente desconhecida, e apesar de não haver muita coisa sobre kendo e em português na net, sei que posso acabar com este blog a qualquer momento e ficar com a minha consciência tranquila.

A quantidade de informação acumulada ao longo destes poucos anos já me deixaria, se fosse outra vez um puto de 13/14 anos faminto de informação, totalmente saciado... bom, pelo menos por uns tempos.

Tudo isto para chegar ao ponto crucial deste desabafo, meus caros poucos e fiéis (e egoístas) leitores, e que é o seguinte:

Se esta votação tiver menos votantes que a do ano passado é um sinal claro, para mim pelo menos, que não ando aqui a fazer nada.
É sinal que as pessoas se fartaram, que este blog deixou de fazer qualquer sentido e que, naturalmente e sem quaisquer ressentimentos, está na altura de partir para outra.

Agora é convosco.

25.9.07

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 68

Segunda-feira, 24 de Setembro 2007

Hoje não me apetecia nada ir treinar. MESMO NADA. Talvez por isso, o treino não me soube bem. Não soube.
Arrastei-me até à escola secundária Patrício Prazeres em busca da motivação, mas a coisa não estava mesmo a funcionar. Para agravar as coisas o sensei atrasou-se e tive de orientar o começo do treino anterior ao aquecimento; depois, dei o aquecimento e ainda o tai-so mal tinha começado e já eu suava que nem um animalzinho.
Depois o senhor Osaka chegou, mas o meu pé, em contra-partida, deixou de funcionar, depois as minhas costas começaram a ficar doridas... enfim, p'ra esquecer. Fiz uns kirikaeshi sofríveis, uns kakari-geiko medrosos (não é merdosos, não chegou a tanto) e uns ji-geiko a todos os níveis miseráveis...

Por fim, a aula lá terminou. E o sensei realçou, nas suas palavras finais, que quando fazemos kakari-geiko o melhor é fazer sempre as técnicas o mais directas possível, sem grandes floreados. Virar rápido, bater rápido, passar rápido; virar rápido, bater ráp... hum... perceberam a ideia, certo?
E pronto, aí acabou a parte da aula.

DEPOIS, depois veio a parte engraçada. Dei boleia ao sensei e ao Joni de volta para casa.
E eles lá iam alegremente a tagarelar naquela língua desgraçada que ambos falam quando, às tantas, o senhor Osaka se vira e me diz que o Joni queria saber como é que fazia (bem) uma técnica qualquer (eles falavam de kaeshi-do, creio eu). Qual era o "segredo", salvo seja.

A resposta não podia ser mais simples, e mais japonesa. Não tem a ver com a maneira como se coloca o shinai durante o kaeshi, não tem a ver com timing, não tem a ver com nada disso... mas tem a ver com isso TUDO.
Em resumo, só se consegue fazer um bom kaeshi-do, ou outra coisa qualquer, treinando muito. O senhor de La Palice deve ter dado piruetas de alegria no seu caixão.

Treino. Mais nada.

23.9.07

FAVORITOS 3

video

E segue a apresentação de alguns dos meus momentos favoritos, retirados da net; neste caso hiki-men.

22.9.07

PERO QUE LAS AY LAS AY

Como rentabilizar, ou pelo menos, amortizar as despesas de deslocação de uma equipa nacional a campeonatos internacionais? Como fazer para que "aquele kendoka" que até devia estar presente, porque faz falta à equipa, possa viajar com o resto da comitiva, apesar de não ter dinheiro para pagar as suas viagens?
A resposta inevitavelmente passa sempre pelo mesmo: patrocínios.
Mas só quem já alguma vez passou pelo processo sabe como é estranho o mundo dos patrocínios no kendo desportivo.
Ao contrário dos praticantes de certas modalidades marciais, cujo keiko-gi parece um filho ilegítimo, gerado durante um bacanal entre praticantes e anunciantes, os anúncios de patrocinadores no keiko-gi e no kendo-gu dos kendokas é ainda bastante raro.
Mas já existe.

E já não é só nos tenogi's ou nos fatos de treino das selecções... ou ainda aquele discreto quadradinho nos hakamas da e-bogu.

Mais fotos do campeonato do mundo de Taiwan em:
http://www.simulacre.org/wordpress/photos/album/72157594416796101/

Como se pode ver nesta foto da selecção coreana presente nos 13ºs Campeonatos do Mundo, a publicidade nos equipamentos de kendo está a chegar. Devagarinho, discretamente, mas está MESMO a chegar.

Só falta perguntar: então e a Nokia em Portugal? Vai um patrociniozinho, hein?

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 67

Sexta-feira, 21 de Setembro 2007

Dia calmo, treino tranquilo. Tudo como quarta-feira, apenas com mais ji-geiko.
Vê-se que o Torneio de Lisboa está à porta, sente-se no ar a vontade de combater, o desejo de esmagar os adversá... ups... bom, quero dizer, o pessoal está realmente contente por se voltar a sentir bem outra vez.
Os ataques já fluem de outra maneira, os reflexos estão mais vivos, os encadeamentos sucedem-se... enfim, está-se calma mas resolutamente a voltar à boa-forma anterior às férias.
Fiz um bom ji-geiko contra o senhor Osaka. Levei menos pazada que o habitual. Fiquei muito contente com isso.

No fim, o sensei dedicou poucas palavras a este treino dizendo apenas que o nosso kiri-kaeshi (para não variar) precisa de mais vigor.

Foi mais uma semana de treinos que assim acabou e esta já ninguém ma tira.

Até 2ª.

19.9.07

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 66

Quarta-feira, 19 de Setembro 2007

O dia hoje foi complicado para mim.
O meu tornozelo esquerdo não anda bom e passo metade do tempo a "defender-me" de o utilizar; moral da história: o tornozelo direito, sobrecarregado, começa (também) a incomodar-me. Isto a partir de uma certa idade...

Enfim, mais um dia de mawari-geiko, com bokuto (ni yoru kendo kihon) waza (keiko ho), kiri-kaeshi, sho-men-uchi e, por fim, um bom bocado de ji-geiko. Para o fim do ji-geiko treinei um pouco em hidari-jodan-kamae contra o meu irmão.
Ainda não os consigo acertar todos, mas os ataques katate-kote começam a sair melhor. Ao menos já sinto o corte. É assim uma coisa tipo... ki.... ken-tai, ou às vezes, ki-tai sem ken, ou ki-ken mas o corpo chega atrasado... ou não chega nunca :-D.
Mas isso não me preocupa muito. Quando comecei a fazer jodan tinha precisamente o mesmo problema com men mas, no entanto, agora já sei com antecedência se o katate-men vai ser bom ou não.

Toda esta conversa acerca de jodan porquê? Pois... o problema foi que as palavras finais do sensei Osaka se centraram sobre a tendência que muitos têm de, durante o ji-geiko, afastarem demasiado os pés um do outro, perdendo assim alguma capacidade de impulso que pode ser crucial.

E eu faço isso. Sobretudo quando combato em jodan. Raios, será por isso?

18.9.07

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 64 E 65

Sexta-feira, 14 e segunda-feira, 17 de Setembro 2007

Eu sei, eu sei, outra vez dois de uma vez, mas o que querem? Ele fala pouco ultimamente.

Então na sexta, apesar de poucas, as palavras do senhor Osaka remeteram para um assunto bastante importante: fumikomi-ashi. De facto, não me lembro agora (e não me apetece ir ler os post's anteriores todos), mas creio que poucas vezes o ouvi, pelo menos no fim das aulas, mencionar fumikomi-ashi. O gesto de "pisar" com força com o pé direito quando se executa um (qualquer que seja) ataque.

Mais fumikomi, o pé ao mesmo tempo do shinai, forte, disse.

E a verdade é que fumikomi-ashi está profundamente relacionado com ki-ken-tai no ichi e portanto, com a essência do kendo moderno.
Para lá do facto, óbvio, de uma boa "patada" fornecer um apoio maior no instante em que o corpo (que se desloca) mais precisa dele, outros valores mais altos se levantam.
Por exemplo, uma vez que o pé deve atingir o solo no mesmo momento em que o shinai atinge um dos datotsu-bui do adversário, quase que pode dizer-se que um bom fumikomi-ashi é já dois terços de um ippon.
Se tudo correr como deve ser, no instante de fumikomi-ashi, o pé já "levou consigo" o ken (espada) e o tai (corpo).

Outra coisa que ele mencionou, já não para o grupo mas em resposta a uma pergunta do meu irmão, relaciona-se com kiri-kaeshi e com o "eterno problema de chocar ou não chocar", ou seja, depois de sho-men, e antes de se iniciar cada uma das séries de 9 sayu-men, deve-se fazer ou não fazer tai-atari? Segundo este 7º dan, sim. E não.
Sim, quando se é um praticante já com algum tempo de keiko (não sendo, no entanto, o gesto obrigatório), e definitivamente não, se se é um principiante.

Ontem, segunda-feira, o sensei disse-nos apenas que, quando se faz kakari-geiko, que aliás temos feito em fartura, não se deve executar movimentos circulares com o shinai, mas sim ser o mais directo possível nas trajectórias. Toda a gente disse "hai", alto e bom som, e em seguida toda a gente olhou para o Sousa... até o Sousa ;-).

Até quarta e bom keiko.

E não se esqueçam de votar nos Usagi San Awards.

17.9.07

FAVORITOS 2

video

Mais um dos meus videos favoritos de sempre na net. Desta vez um fantástico tsuki executado por uma aluna de um liceu de Kyoto.

Eis o significado da expressão: "right to the point".

12.9.07

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 62 E 63

Segunda-feira 10 e quarta-feira 12 de Setembro 2007.

Tanto na segunda-feira como hoje os treinos foram bastantes calmos.
De facto, creio que estamos todos ainda um pouco em recuperação.
Até o senhor Osaka foi bastante parco nas palavras, tanto no último treino como hoje.

Na segunda-feira relembrou (isto do Verão apaga muitas memórias) apenas que o último men de cada kiri-kaeshi deve ser feito com determinação, determinação própria de ippon.

Hoje a sua mensagem virou-se para a mão esquerda (há já algum tempo que ele não nos lembrava da importância da mão esquerda no kendo) e para maneira como se deve agarrar a extremidade do shinai: fazendo força apenas com os três dedos "finais" da mão... mínimo, anelar e médio.

Foi isto... 6ª há mais.

USAGI AWARDS SPONSORED BY...

BRINDES PARA OS ELEITOS.

Ora bem, a trama adensa-se.

Como se não bastasse a emoção da própria eleição, uma empresa (multinacional) líder do ramo da venda de equipamento de kendo e de outras artes mar... pronto... a e-bogu... a e-bogu, dizia, ligou-se a este grandioso evento e, num gesto patrocinatório sem precedentes, num primeiro tempo propôs oferecer cerca de € 50.000 para cada um dos eleitos (e € 30.000 para mim).

Depois de alguma discussão acabámos por acordar em OFERECER UM FANTÁSTICO SHINAI RENGI a cada um dos vencedores.

Para saber o que é um shinai Renji basta ir até: http://www.e-bogu.com.pt/index.php?cPath=21_25

Agora só falta o patrocínio da FNAC... digo eu...

9.9.07

OK, EIS AS REGRAS.

ELEIÇÃO PRÉMIOS USAGI SAN 2007

Art. 1º - Os e-mails devem ter escrito no subject (assunto/título) da mensagem o texto "Votação 2007" (ou coisa semelhante que ajude e simplifique a identificação imediata do mesmo).
Art. 2º - A mensagem deve conter obrigatoriamente os dois votos: Kendoka do Ano e Kendoka Revelação.
Art. 3º - Não podem votar na mesma pessoa para ambos os títulos.

Art. 4º - Os remetentes devem identificar-se com nome, associação e respectivo nº de associado.
Art. 5º - São elegíveis todos e quaisquer praticantes de cada uma das diferentes associações, independentemente do tempo de prática e/ou graduação (a este propósito ver tb Alínea única).
Alínea única - Por uma questão de princípio, estão excluídos da votação, tal como no ano passado, quaisquer colaboradores deste blog (eu) e o Sensei Osaka Masakiyo.

Okini e continuem a mandar postais.

8.9.07

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 61

Sexta-feira, 7 de Setembro 2007

Foi um treino interessante o de hoje (ontem) lembro-me que no ano passado só fizemos ji-geiko quase dois meses depois do recomeço dos treinos. Desta vez as coisas foram antecipadas um bocadinho.

Depois de uma aula quase inteiramente dedicada (tal como a anterior) ao treino das técnicas básicas... alto lá. Espera aí, agora que penso nisso, acho que em todas as aulas de kendo que fiz na vida, houve sempre pelo menos algum tempo de cada uma dessas aulas dedicadas ao treino de técnicas base.

Hum, isto se calhar pede um post específico... bom, adiante, depois do básico, dizia eu, tivemos um bónus de dois combates de ji-geiko. "Só dois". Como o sensei fez questão de esclarecer logo antes do começo das "hostilidades". Foi engraçado ver como todos estão enferrujados (uns mais que outros, claro) e como os combates pareciam em câmara lenta... enfim.

No final, o senhor Osaka chamou-nos a atenção, não para o ji-geiko claro, que esse foi tão miserável (falo por mim... e se calhar por mais uns quantos) que nem havia nada a dizer, mas para a necessidade de definir bem cada sayu-men que compõe um kiri-kaeshi.
Grande e bem definido, que é como quem diz: "lá no sítio".

E pronto, este keiko já ninguém mo tira. Até 2ª.

7.9.07

STOP THE PRESS

Foto roubada no site www.naginata.be
onde pode encontrar muitas mais do referido evento.


Notícias recém-chegadas à nossa redacção indicam que Charlotte Vandersleyen que foi nossa colega de kendo no dojo de Lisboa, se qualificou num FANTÁSTICO 3º lugar no Campeonato do Mundo de Naginata, o qual decorreu no fim-de-semana passado em Bruxelas. Ouch, ganda pinta.


Muitos parabéns Charlotte!!!

AWARDS 2007

É aquela época do ano outra vez. Pela segunda vez desde a sua criação, no longínquo ano de 2003, o blog Usagi San tem o prazer de levar a cabo a votação para os

Usagi San Awards

Desta vez, porém, os eleitores dispõem apenas de 3 semanas (até 27 de Setembro, inclusive) para votar nas duas categorias:

- Kendoka do Ano 2007
- Kendoka Revelação 2007

As regras são as mesmas do ano passado, mas devem acrescentar o número de sócio da associação de que fazem parte.

Vamos lá premiar aqueles que nos inspiram todos os dias e nos ajudam a ser melhores kendokas, pela sua combatividade, pela sua determinação, por aquilo que acharem importante.

Os prémios serão entregues no Torneio de Lisboa, no dia 29 de Setembro de 2007.

Vamos lá a mandar esses "postais" para
IMDRabbit@hotmail.com.

Let the games begin.

6.9.07

A PALAVRA DO SENHOR (OSAKA) 60

Quarta-feira, 5 de Setembro 2007

Foi um começo simpático.
A uma velocidade mais baixa, tudo mais calmo. Nada de gi-geiko, ou kakari-geiko ou coisas assim muito aceleradas.
Não, kihon básico (até porque tinhamos 3 novos alunos) e depois 10 minutos de treino com bogu. E só kirikaeshi e mais nada.
No fim, o senhor Osaka realçou apenas que a nossa atenção, durante este 1º mês, deve estar mais virada para fazer as coisas em tamanho grande e em velocidade mais lenta.
E foi o nosso regresso às aulas.
Pr'a já mais nada, over and out.

4.9.07

FAVORITOS 1

video

Um dos meus videos de kendo (da net) favoritos de todos os tempos e o meu kaeshi-do favorito de todos os tempos.

Reparem como, mesmo antes do ataque, aka (à esquerda) "oferece" uma abertura a shiro para que ele ataque. Se isto não é suki, nada é suki.

LINDÍÍÍÍÍSSIMO.´Bam.

PRONTOS?

Em Lisboa (pelo menos) os treinos deverão recomeçar já na próxima quarta-feira. Não sei se já começaram noutros dojos mas...
Prontos para mais um ano? Eu estou.
Na falta de melhor, pelo menos estou cheio de fé. E fé, meus amigos, a partir de uma certa altura vale mais do que... enfim... do que... o que quer que valha ou, como se diria no futebol, "a fé vale o que vale" e mais nada.
Enfim, fiz os trabalhos durante as férias. Tenho andado a aprender umas coisas giras; uns livros interessantes, uns vídeos (mais ou menos) elucidativos (em japonês!!!) e acho que finalmente percebi como se faz um bom katate-kote a partir de jodan.
Acho...
E agora só falta pôr as teorias todas em prática na próxima aula.
Pessoal, bute lá.